Circuito ATP 2020 – Prognósticos e Apostas a longo prazo

Circuito ATP 2020 – Prognósticos e Apostas a longo prazo

Olhar aos acontecimentos de 2019 e previsão da nova época

O Circuito ATP 2020 estás “ao virar da esquina”. Comecemos por olhar para tudo aquilo que aconteceu na fantástica temporada de 2019, época em que os “três grandes” continuaram a dominar ao vencerem todos os Grand Slams. Rafael Nadal e Novak Djokovic venceram dois Grand Slams cada um, ao passo que Roger Federer perdeu a sua hipótese em Wimbledon ao falhar dois “match points” quando se encontrava a servir. Além disso, assistimos à ascensão de grandes nomes como Sinner, Rublev, Tsitsipas ou Medvedev… Thiem, Medvedev e Tsitsipas demonstraram o quão bons são e acreditamos que vão ser os três melhores jogadores da nova geração. De resto, foi igualmente bom ver Andy Murray e Jo Wilfried Tsonga de regresso aos courts, uma vez que ambos estiveram lesionados e passaram por momentos difíceis. O ATP Finals foi muito interessante. Djokovic esteve envolvido numa grande disputa com Nadal pelo primeiro posto do ranking ATP, mas Rafa Nadal conseguiu uma impressionante recuperação frente a Medvedev depois de ter estado a perder por 1-5. Após esse encontro, a queda começou para Novak Djokovic, até então o número 1. À primeira vitória no grupo seguiram-se duas derrotas contra Thiem e Federer, ao passo que Nadal deu a volta diante de Medvedev e graças à vitória de Roger Federer diante de Novak Djokovic, terminou no primeiro lugar no fim do ano. Em suma, continuamos a ter três grandes nomes no topo da lista de melhores. No ATP Finals, Nadal, Federer e Djokovic não chegaram à final, sendo que Thiem e Tsitsipas disputaram um encontro incrível na decisão. Tsitsipas conseguiu mesmo vencer o encontro e acreditamos que o futuro do ténis está em boas mãos. A modalidade também se despediu de grandes nomes, nomeadamente David Ferrer, Tomas Berdych, Janko Tipsarevic, Nicolas Almagro ou Marcos Baghdatis, jogadores que se retiraram.

Estrelas em ascensão

Assistimos à ascensão de vários jovens talentosos no ano de 2019. Ficámos particulaermente impressionados com Jannik Sinner, jogador que subiu do 551º lugar para o 78º no espaço de apenas um ano. Sinner venceu três Challengers e chegou às finais do Next Gen. É em piso duro que se sente mais confortável, mas também é capaz de se apresentar a bom nível em terra batida. Sinner tem apenas 18 anos de idade, mas é um grande servidor e acreditamos que poderá vencer pelo menos um título ATP em 2020. Rublev é outro jovem de nacionalidade russa que tem melhorado a olhos vistos na presente temporada. Atualmente, ocupa o 23º lugar do ranking ATP, mas será seguramente um jogador de top 10 no futuro se continuar a atuar a este nível. Não mencionámos jogadores como Tsitsipas, Medvedev, Zverev, Berrettini, Shapovalov, de Minaur ou Khachanov dado que já se encontram no “top 20”. Todos alcançaram grandes resultados, mas as suas maiores vitórias ainda estão por acontecer.

Falamos de jogadores “next gen” que protagonizarão grandes duelos entre si num futuro próximo. Dominic Thiem já não é um jogador da categoria “next gen”, mas é bastante novo e já um dos melhores jogadores em terra batida. É difícil dizer que é o melhor neste tipo de superfície, tendo em conta que Rafa Nadal continua no ativo. No entanto, tem sido o jogador mais consistente de todos os jovens em causa e aparenta ter capacidade para vencer um Grand Slam provavelmente já em 2020. Se continuar em forma, acreditamos que poderá ser uma das principais ameaças a Rafael Nadal em Roland Garros. A diferença entre Thiem e os outros grandes jovens jogadores é precisamente a sua preferência por terra batida. Os restantes tenistas referidos sentem-se mais confortáveis em pisos mais rápidos. Dito isto, acreditamos que Thiem é um dos grandes favoritos para a temporada de terra batida, ao passo que os demais poderão deixar boas indicações em piso duro e relva.


1,83
Jannik Sinner para vencer um torneio ATP em 2020
Jannik Sinner - Aposta especial
APOSTA AGORA

Jogadores em declínio – atletas cuja idade de deixarem os courts se aproxima

Assim que se fala em jogadores que poderão estar perto da reforma atendendo à sua condição atual, o primeiro nome que nos vem à cabeça é o de Fernando Verdasco. O espanhol está há muito tempo no Circuito e as suas expressões em court vão falando por si só. Sem deixar de elogiar o seu espírito combativo, a verdade é que o corpo de Verdasco vai dando sinais de cansaço e o espanhol parece estar em declínio a cada ano que passa. Aos 36 anos, acreditamos que a próxima época (2020) vai ser a sua última. Este época, Verdasco pouco fez e a verdade é que não conseguiu alcançar nenhum resultado marcante. No entanto,  não é o único jogador nestas condições e mesmo o “top 3” já demonstra sinais de sofrimento para atuar ao mais alto nível, tanto que o número de presenças em torneios é cada vez menor, sobretudo para Federer, o mais velho dos três. Acreditamos que Federer, Verdasco, Isner e Anderson sejam cada vez menos capazes de alcançar grandes resultados. Apesar de tudo o que já conquistaram e de continuarem a entrar como favoritos na maioria dos torneios, o seu tempo poderá estar a chegar ao fim. Rafael Nadal e Novak Djokovic deverão continuar a bom nível em 2020. Ambos estão muito bem preparados tanto em termos físicos quanto psicológicos. Outros jogadores já farão planos para se retirarem, mas referimos apenas os mais populares.

Prognósticos Grand Slam

Austrália Open 2020


O Austrália Open 2020 vai ter lugar no Melbourne Park entre 20 de janeiro e 2 de fevereiro de 2020 e será o primeiro Grand Slam do ano. Novak Djokovic é o campeão em títulos. Todos os jogadores chegam ao torneio depois de um período de descanso e cheios de vontade de conseguir o primeiro grande triunfo da temporada. Há sempre uma grande questão na antecâmara de qualquer Gran Slam: será que vamos ter finalmente um novo vencedor? Não acreditamos, pelo menos no caso do Austrália Open. Porquê? Rafael Nadal e Novak Djokovic estão preparados e em boa forma, logo, há dois grandes favoritos, sobretudo o sérvio que se dá bem em piso duro. Acreditamos que Novak Djokovic vai vencer o seu oitavo título na Austrália, até porque é simplesmente o jogador mais consistente do Circuito e é em piso duro que se sente mais confortável. Já é possível apostar na vitória de Djokovic em quase todas as Casas de Apostas. As odds que contemplam uma vitória do sérvio (2.60) são muito atrativas.

2,60
Novak Djokovic to win Australian Open '20
Australian Open 2020 Winner
Bet Now


Roland Garros 2020

O Open de França, melhor conhecido por Roland Garros, vai ter lugar em Paris entre 24 de maio e 7 de junho de 2020. Vai ser o segundo Grande Slam da temporada e o único disputado em terra batida. Rafael Nadal é o campeão em título depois de ter ganho em 2019. Tal como já referimos, se pode haver um “vencedor novo” num Grand Slam em 2019, acreditamos que isso aconteça em Roland Garros.

Comecemos pelo método de eliminação. Eliminemos dois dos três grandes candidatos. Roger Federer não se dá bem em piso duro, de longe a superfície em que se sente menos confortável devido a seu estilo de jogo. As Casas de Apostas apontam Federer como 7º favorito à vitória em França. Acreditamos que nem sequer deveria constar no top 10. Há vários jogadores melhores que Federer neste tipo de piso e acreditamos que nem sequer vai conseguir chegar aos quartos de final. Novak Djokovic é o segundo favorito e também não concordamos tendo em conta que nunca foi jogador de terra batida e parece estar longe de Rafael Nadal neste aspeto. Djokovic só venceu Roland Garros uma vez e custa-nos a crer que repita a façanha em 2020. Porquê? Djoko está cada vez mais velho e os seus últimos resultados em Paris não têm sido animadores. Acreditamos que a principal batalha vai ser entre Rafael Nadal e Dominic Thiem. Ambos podem ser considerados grandes favoritos. As odds que contemplam uma possível vitória de Rafael Nadal rondam valores de 1.90, algo que nos parece não fazer grande sentido. Quanto a Thiem, finalista da época passada, as odds que contemplam uma vitória sua estão a 5.00! A condição de terceiro favorito parece-nos muito modesta. Dominic Thiem já esteve na final de Roland Garros por duas vezes e acreditamos que poderá vencer este Grand Slam, até porque está na sua melhor idade e Nadal tem sofrido algumas lesões que condicionam o seu jogo.

5,0
Dominic Thiem para vencer o Open de França 2020
Vencedor Open de França
APOSTA AGORA


Wimbledon 2020


O torneio de Wimbledon vai ter lugar em Londres entre 29 de junho e 12 de julho de 2020. Vai ser o terceiro Grand Slam da temporada, o único disputado em relva. Novak Djokovoc venceu o torneio em 2019 após uma das finais mais espetaculares da história do ténis. A relva é uma superfície de jogo muito específica, até porque não há muitos torneios disputados em relva e falamos de um piso que requer muita experiência. Como tal, o principal candidato tem que ser um jogador experiente. Quem poderá ser? Novak Djokovic, claro. Porquê? É difícil imaginar Roger Federer rubricar uma campanha tão boa quanto no ano passado. O suíço esteve perto de protagonizar uma grande surpresa, mas é pouco provável que o cenário se repita na atual temporada. Contas feitas, restam Novak Djokovic e Rafael Nadal, dado que os demais jogadores estão longe de ser bons relva ou tão experientes quanto os dois nomes já citadas. Rafa Nadal nunca gostou de jogar em relva e tem sempre dificuldades na adaptação, especialmente agora, uma vez que tem sofrido bastante dos joelhos. Novak Djokovic está em bom momento e rubricou uma grande recuperação no ano passado, perfilando-se como principal candidato à vitória em Wimbledon. As odds que contemplam a sua vitória (2.50) são interessantes e, do nosso ponto de vista, têm muito valor!

2,50
Novak Djokovic para vencer Wimbledon
Vencedor Wimbledon 2020
BET NOW


US Open 2020


O US Open vai jogar-se em Nova Iorque, nos Estados Unidos, entre 31 de agosto e 13 de setembro. O US Open é o quarto e último Grand Slam do ano. Rafael Nadal venceu em 2019 após uma grande final disputada com Medvedev. Este é outro torneio em que acreditamos que pode haver um novo vencedor, isto porque estamos a falar de um evento disputado na ponta final da temporada, quando muitos jogadores já estão realmente cansados. Há várias escolhas possíveis, mas nós optamos pela que consideramos ser a melhor. Os “três grandes” são sempre considerados os maiores favoritos, mas não acreditamos que esse será o caso no US Open 2020. Todos eles estão um ano mais velhos e chegam ao último Grand Slam com imensos jogos já disputados e fisicamente desgastados. Há vários factores contra o “Big 3” e Daniil Medvedev parece-nos ser o homem certo, após a derrota em 2019 contra Rafael Nadal em 5 sets. Na temporada passada, o russo foi muito sólido em solo norte-americano mas não deixa de surgir em 2020 como um “underdog”, despertando ainda mais motivos para apostar em si. As odds de 9,50 devem ser aproveitadas!

9,50
Daniil Medvedev para vencer o US Open 2020
Vencedor do US Open 2020
APOSTA AGORA
 

Confere a nossa secção de ténis para mais tips e prognósticos gratuitos.

AH

24