O regresso da Liga NOS 2019/20

O regresso da Liga NOS 2019/20

A ação está de volta aos relvados nacionais. O dia 3 de junho ficou marcado pelo regresso do escalão máximo do futebol português, quase três meses depois de Vítor Ferreira, juíz do Paços de Ferreira – Vitória Sport Clube, ter apitado para o fim do encontro que encerrou a jornada 24 da Liga NOS, a última antes da paralisação da competição devido à pandemia COVID-19. A ronda 25 começou com a vitória do Portimonense na receção ao Gil Vicente (1-0) e contou com várias surpresas, entre as quais o facto de Porto e Benfica não terem conseguido vencer os respetivos compromissos. É tempo de analisarmos a jornada que assinalou o regresso da Liga NOS e perspetivarmos o que resta da competição. O ProTipster apresenta-lhe as melhores tips para os jogos da Liga NOS!

A ausência de público nas bancadas dos estádios é o traço identitário mais forte neste regresso da Liga NOS, situação sem precedentes no nosso país. 17 dos 18 estádios dos emblemas que disputam a Liga NOS foram aprovados para receber jogos, exceção feita ao estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, casa do Santa Clara, situação que levou os açorianos a mudarem-se para a “Cidade do Futebol” nesta reta final da temporada desportiva. Mesmo em casa emprestada, o Santa Clara não deixou de protagonizar uma das surpresas da jornada ao bater o Braga por três bolas a duas.

Fator casa, para que te quero?

Em circunstâncias normais, na hora de analisarmos um desafio, o fator casa é sempre um aspeto a ter em consideração. No entanto, sem adeptos nas bancadas, será que esse é um fator a ter em tamanha consideração? Os números recolhidos nos principais campeonatos europeus que já decorrem apontam para uma queda de produção das equipas que têm o fator casa do seu lado e a ronda inaugural da Liga NOS também aparenta seguir essa tendência, restando auscultar jogadores e equipas técnicas para perceber, através da sua sensibilidade, que importância atribuem a esse fator.

Se excluirmos a vitória do Santa Clara frente ao Braga em encontro disputado na Cidade do Futebol (campo neutro), só se verificaram duas vitórias de equipas a atuar em casa nos restantes oito encontros da Liga NOS – o Portimonense bateu o Gil Vicente (1-0) e o Famalicão impôs-se ao líder Porto (2-1). Verificaram-me mais vitórias de equipas que atuaram na condição de visitante (três) que triunfos caseiros (dois). A atuar em casa e com a possibilidade de assumir a liderança do tabela classificativa na “ressaca” do desaire portista em Famalicão, o Benfica de Bruno Lage não foi além de um empate sem golos na receção ao Tondela em pleno estádio da Luz, outro indicador que nos leva a relativizar o fator casa na atual conjuntura.

Quatro primeiros sem vitórias

Os quatro primeiros colocados da Liga NOS asseguram o acesso às provas europeias – o quinto lugar também vai dar acesso às provas europeias por “sobrar” a vaga atribuída ao vencedor da Taça que Benfica e Porto dispensam – e, por esta altura, estão alinhados pela seguinte ordem: Benfica (60), Porto (60)*, Braga (46) e Sporting (43). Certo é que nenhum dos quatro emblemas venceu: o Porto foi perder a Famalicão por duas bolas a uma, o Benfica empatou sem golos frente ao Tondela, o Braga perdeu por três bolas a duas com o Santa Clara e o Sporting empatou a dois em Guimarães, frente ao Vitória. Em teoria, os emblemas que melhores condições tiveram para preparar o regresso à ação não foram capazes de dar a resposta que se lhe exigia nesta primeira jornada pós-interrupção.

O título e a relegação

No topo da tabela, Benfica e Porto seguem lado a lado na luta pelo título, tal como tem sido apanágio ao longo dos últimos anos. “Águias” e “Dragões” ficaram muito aquém das expectativas neste regresso à ação numa luta que se perspetiva até final. Na ronda que se segue, o Porto recebe o Marítimo, adversário que não derrotou na primeira volta (1-1), ao passo que o Benfica viaja até ao Algarve para defrontar o Portimonense, adversário diante do qual perdeu na última época naquele que foi o último encontro de Rui Vitória no comando técnico da equipa. Por esta altura, o Portimonense é penúltimo com 19 pontos, seis baixo da linha de perigo, mas ainda acalenta aspirações quanto à manutenção. Bem mais difícil está a vida do Desportivo das Aves que nesta ronda perdeu com o Belenenses/SAD (0-2), viu o Paços de Ferreira vencer em o Rio Ave (2-3) em Vila do Conde e está agora 12 (!) pontos abaixo da linha de perigo.

A nossa tip

A jornada 25 da Liga NOS 2019/20 está a prestes a começar e temos uma “dobradinha” para os utilizadores ProTipster na 1xBet!

1.40
Vitória do Sporting
Sporting - Paços de Ferreira
Apostas Agora

Sporting CP @1.40 + FC Porto: Acima de 1.75 Golos @1.37 -> 1.92

*Se o campeonato terminasse agora, o Porto sagrar-se-ia campeão por vantagem no confronto direto, mas neste momento, não é esse o critério que se aplica.

Foto: Club Sport Marítimo

AH

24