Método Martingale

Método Martingale

Os apostadores defendem várias estratégias no que toca à gestão da banca  - o método de Matringale é uma delas. Nunca ouviu falar? Nas próximas linhas, ficará a conhecê-lo. 

Sabemos que no mundo do jogo, independentemente de investirmos num jogo de futebol ou optarmos por algumas "spins" no roleta do casino, o resultado é sempre imprevissível; de outra forma, não se trataria de jogo. No entanto, uma boa estratégia pode ser ajudada por um método de apostas disciplinado, que imponha certos limites e regras aos jogadores na hora de tomar uma decisão.

O que é o método de Martingale?

Criado no século XVIII em França, o método de Martingale começou por ser utilizado no famoso jogo "cara ou coroa". A estratégia, em traços gerais, é fácil de explicar: duplicar a aposta em caso de derrota, até que uma simples vitórias permitisse recuperar as perdas de todas as apostas anteriores. Parece simples, certo? Atualmente, este método é essencialmente utilizado para jogos de roleta em que se aposta no vermelho ou preto, ainda que haja sempre a possibilidade de a bola cair no zero pintado a verde. A menos que tenha dinheiro infinito, esta estratégia não deve ser levada tão à risca a longo prazo, ainda que a argumentação que indica que alguma vitória poderá surgir seja válida! No entanto, não há histórico de resultados anteriores que prmita antever o futuro resultado de uma determinada aposta. 

Tal como em todas as restantes modalidades de jogo, é importante fazê-lo com responsabilidade. Se começares com 20 euros e recorreres a este método, poderás ter problemas se a sorte não estiver do teu lado, pelo que é preferível jogar com quantias menores. 

Deixamos-te um exemplo do método de Martingale com 100 euros: 

O jogador perde uma aposta de 1 euro. Banca = 99 euros

O jogador perde uma aposta de 2 euros. Banca = 97 euros

O jogador perde uma aposta de 4 euros. Banca = 93 euros

Um jogador perde uma aposta de 8 euros. Banca = 85 euros

Um jogador perde uma aposta de 16 euros. Banca = 101 euros

O método de Martingale pode ser utilizado no futebol?

Numa resposta imediata, pode. O método de Martingale é habitualmente utilizado para jogos de casino, mas não há motivos para não utilizar este método em apostas de futebol. No entanto, há algumas consideraçõe a tecer antes de colocares todo o teu dinheiro num encontro entre Real Madrid e Barcelona, por exemplo.

  • O sucesso desta estratégia depende das odds (2.00)
  • Tem que ser um mercado com duas escolhas
  • As odds devem ter valor em comparação com a probabilidade de sucesso

Em relação ao último ponto, note-se que é aqui que entra o teu conhecimento acerca do jogo. Consulta estatísticas, compara odds e lê opiniões antes de arriscares. Bons exemplos de mercados para utilizar o método de Martingale são os de handicaps e mais/menos. 

Desvantagens do método de Martingale

É uma estratégia muito simples, não há como negá-lo, mas poderá ser algo monótono para o apostador. O facto de teres que apostar determinada quantia numa odd definida retira alguma diversão à atividade - há menor liberdade para apostar num "underdog" ou conseguir uma grande vitória com uma múltipla. Se queres tirar grande lucro a breve rpazo, provavelmente este método não é para ti, dado que visa essencialmente recuperar perdas. A principal vantagem é o facto de envolver menos risco. Ainda que a probabilidade de vitória seja muito elevada, precisas de ter umaa banca considerável para que esta estratégia funcione convenientemente. 

Concluindo: se não costumas tirar lucro das tuas apostas, esta estratégia não é milagrosa e a situação poderá não se alterar, podendo mesmo arruinar-te financeiramente.